3.7.13

Serás amorosos

Quando se ama alguém, a melhor solução é ir sempre em frente ou é descobrir quando parar?
O amor conduz-nos sempre ao melhor caminho ou largá-lo pode ser o melhor para nós?
Nestes últimos anos aprendi que amar alguém é uma faca de dois gumes. Mas amar alguém verdadeira e incondicionalmente é simples e leva sempre à mesma conclusão: amar dói. O amor dói por ser imenso e por nos consumir todas as forças e atenção e magoa ao mais pequeno erro, ao mais pequeno deslize da trajectória que escolhemos para ele.
Mas o que fazer quando começa a doer simplesmente por estar sempre fora do caminho que julgamos o certo? Será que amar desmedidamente leva-nos a desviar a rota do nosso amor e levá-lo a desfechos obscuros?

1 comentário:

nicolemorais disse...

Tens que ser feliz, apenas isso. Segue o teu coração.