26.1.09

vem comigo.

vagueio por entre sorrisos, demasiado só para notar neles.
parece que já nada é igual.
e, sem dar por isso, uma estranha sensação de tristeza consome-me ao recordar todos aqueles momentos.
é como se os meus dias já não fossem os mesmos, como se tudo tivesse acabado sem eu ter conseguido impedi-lo.
a vida é feita de escolhas, nem todas são certas, aprendemos com os erros.
o que eu mais queria era poder recuar no tempo, para te dizer tudo o que não tive oportunidade de dizer.
por vergonha ou por não saber como o fazer.
ou para retirar coisas que disse sem o sentir.
coisas que te magoaram. coisas que nos magoaram.
coisas que acabaram connosco!
que te arrancaram do meu lado e me deixaram, aqui, sozinha, anseando por um sinal teu.
não quero que tudo isto pertença ao único tempo da vida que já não interessa: o passado.

quero-te mostrar que o amor verdadeiro existe!
vem, dá-me a mão. vem comigo.

1 comentário:

nicole moraiis disse...

este texto é um dos mais perfeitos q já escreveste bé *__*
amo tanto a forma como conjugas as palavras, como explicas o q sentes! :'D
amO.tEEE* «333